Cadastro Único: Descubra agora como se inscrever e veja mais informações

Veja agora mesmo mais informações sobre o Cadastro Único

Anúncios

Cadastro Único confira agora o que é, para que serve e como se inscrever, veja também mais informações importantes sobre ele.

O Cadastro Único, também conhecido como CadÚnico, é um conjunto de registros sobre as famílias brasileiras em situação de pobreza ou extrema pobreza.

Nesses registros contêm, onde essas famílias moram, quem são os membros que fazem parte dela, qual a renda e situação social de cada um.

Essas informações são usadas pelo Governo Federal, municípios  e pelos estados de todo o Brasil para realização de políticas públicas capazes de promover a melhoria da vida dessas famílias.

Quem deve participar do Cadastro Único?

Para participar do CadÚnico há algumas condições específicas exigidas pelo Governo.

Confira a seguir quais são os critérios exigidos para que você possa está fazendo o seu cadastro:

  • Famílias que ganham por pessoa até meio salário mínimo mensal;
  • Famílias que ganham no total até 3 salários mínimos mensalmente;
  • Pessoas ou famílias em situação de rua.

Quando se é falado de renda mensal de até meio salário mínimo por pessoa, não quer dizer que todos membros da família precisam trabalhar. 

A conta é realizada da seguinte maneira: É feita uma soma de todos os salários ou rendas da casa, feito isso pegue esse resultado e divida pelo número de pessoas da família.

Se o resultado for menor que meio salário mínimo, então esta família poderá fazer parte do no Cadastro Único.

Pode ser que haja pessoas que não estarão em nenhuma das situações citadas anteriormente.

Mas que precisam fazer o cadastro para receber algum serviço que exija isso.

Se esse for o seu caso, você poderá realizar a sua inscrição também.

Conteúdos que podem te interessar

Afinal, para que serve o Cadastro Único?

O Cadastro Único é utilizado pelo governo federal como base para escolha de famílias de diversos programas e benefícios sociais do Brasil.

Ao realizar sua inscrição ou atualizar os seus dados, você poderá ter acesso a eles.

Veja alguns dos programas que o CadÚnico tem ligação:

  • Minha Casa, Minha Vida
  • Auxilio Brasil
  • Bolsa Família
  • Benefício de Prestação Continuada (BPC)
  • Programa de Erradicação do Trabalho Infantil – Peti
  • Fomento – Programa de Fomento às Atividades Produtivas Rurais
  • Bolsa Verde – Programa de Apoio à Conservação Ambiental
  • Carteira do Idoso
  • Aposentadoria para pessoa de baixa renda
  • Programa Brasil Carinhoso
  • Pro Jovem Adolescente
  • Tarifa Social de Energia Elétrica
  • Passe Livre para pessoas com deficiência
  • Programa de Cisternas
  • Telefone Popular
  • Carta Social

Cada programa listado acima possui suas próprias regras.

Estar inscrito no Cadastro Único não significa que você terá acesso automaticamente a ele.

Mas a sua inscrição no CadÚnico pode ser uma condição para obter ou facilitar o recebimento do seu benefício.

Como fazer minha inscrição no Cadastro Único?

Para realizar a sua inscrição no Cadastro Único basta ir até a administração da prefeitura da sua cidade e pedir mais informações sobre onde e como realizar a sua inscrição.

O processo de inscrição no cadastro leva em torno de mais ou menos uma hora, com isso muitas prefeituras pedem que ele seja marcado com antecedência. 

Então o melhor a se fazer é entrar em contato com a prefeitura da sua cidade antes e marcar um dia e horário em que você tenha mais tempo livre para realizar sua inscrição.

Para a família conseguir realizar o cadastro, é preciso que haja uma pessoa para responder às perguntas que serão feitas.

Nesse caso, essa pessoa será considerada responsável pela Unidade Familiar (RF).

É necessário que essa pessoa tenha pelo menos 16 anos de idade, e que de preferência seja uma mulher.

Ao chegar no local que será feita a inscrição, o responsável deverá mostrar um dos seguintes documentos:

  • CPF ou título de eleitor;
  • Para os responsáveis por famílias indígenas ou quilombolas, são aceitos também os seguintes documentos: Carteira de trabalho, certidão de casamento ou carteira de identidade.
  • Registro Administrativo de Nascimento do Indígena (RANI), quando for responsável por uma família indígena (esse é opcional);

O responsável pela inscrição deverá mostrar também pelo menos um documento de cada uma das pessoas que fazem parte da família. 

Esses documentos podem ser: CPF; RG, certidão de nascimento; certidão de casamento; carteira de trabalho ou título de eleitor.

Possui ainda alguns documentos não obrigatórios, mas que ajudam bastante na hora de realizar o seu cadastro. 

Alguns deles são: comprovante de endereço como conta de luz, água ou internet, e o comprovante de matrícula escolar das crianças e jovens que possuem até 17 anos.

Caso você não tenha comprovante escolar em mãos, leve o nome da escola em que cada criança ou jovem está matriculada.

Ainda precisa de ajuda?

Caso ainda precise de alguma ajuda ou informação sobre o Cadastro Único, basta ligar no telefone de atendimento da Caixa 0800 726 0207.

Ajude outras pessoas, compartilhe esse conteúdo em suas redes sociais:
Portal Magnific
Portal Magnific

Portal de informações sobre diversos assuntos relacionados a finanças, nosso dever é fornecer as noticias mais atuais de forma verdadeira e simplificada!

0

Aguarde um momento…