Curiosidades sobre a Chapada das Mesas no Maranhão

Descubra as curiosidades, as belezas e as aventuras que esse lugar mágico oferece.

Anúncios

A Chapada das Mesas é um destino de ecoturismo no sul do estado do Maranhão.

Ela abrange uma área de 160 mil hectares de cerrado, com cachoeiras, lagos, formações rochosas, cavernas e trilhas.

O nome vem das montanhas com o topo plano que se parecem com mesas, espalhadas pelo vale.

O Parque Nacional da Chapada das Mesas foi criado em 2005 para proteger essa riqueza natural e cultural.

Neste artigo, vamos conhecer algumas curiosidades sobre esse lugar incrível.

O Portal da Chapada

Um paredão de arenito com uma fenda em forma de G é o que representa a Chapada das Mesas, e recebe o nome de Portal da Chapada.

Ele fica na entrada do parque e permite ver uma paisagem deslumbrante do cerrado, com suas cores e formas variadas.

O Portal da Chapada é um dos pontos mais fotografados pelos visitantes e pode ser visto de diferentes ângulos, dependendo da posição do sol.

As cachoeiras

A Chapada das Mesas tem cerca de 89 cachoeiras catalogadas, algumas dentro do parque nacional e outras em áreas particulares.

As mais famosas são:

Cachoeira do Santuário, que tem uma queda de 46 metros e um poço azul para banho;

Cachoeira de São Romão, que tem uma queda de 26 metros e permite passar por trás da cortina d’água;

Cachoeiras do Prata, que são um conjunto de sete quedas em diferentes níveis, formando piscinas naturais.

Outras cachoeiras que valem a pena conhecer são a Cachoeira da Pedra Caída, a Cachoeira do Itapecuru, a Cachoeira da Caverna e a Cachoeira do Dodô.

Os lagos

Outra atração imperdível da Chapada das Mesas são os lagos de água cristalina, que contrastam com o vermelho da terra e o verde da vegetação.

Os mais visitados são o Poço Azul e o Encanto Azul, que ficam em propriedades privadas e têm infraestrutura para receber os turistas.

O Poço Azul tem uma água azul-turquesa e uma profundidade de cerca de seis metros, ideal para mergulhar com snorkel e ver os peixes.

O Encanto Azul tem uma água azul-clara e uma profundidade de cerca de três metros, perfeita para relaxar e se refrescar.

As formações rochosas

A Chapada das Mesas também impressiona pelas suas formações rochosas milenares, que foram esculpidas pela erosão ao longo dos anos.

Algumas delas têm nomes curiosos, como:

Morro do Chapéu, que tem um formato de chapéu de cowboy;
Pedra Furada, que tem um buraco no meio;
Morro dos Pilares, que tem colunas de pedra;
Pedra do Equilíbrio, que parece estar prestes a cair.

Essas formações podem ser vistas de perto ou de longe, dependendo da trilha escolhida.

A biodiversidade

A Chapada das Mesas é um dos últimos refúgios do cerrado brasileiro, um bioma rico em biodiversidade e ameaçado pelo desmatamento.

No parque nacional, é possível encontrar diversas espécies de animais e plantas, algumas endêmicas e outras ameaçadas de extinção.

Entre os animais, destacam-se o lobo-guará, o tamanduá-bandeira, o tatu-canastra, o veado-campeiro, o gavião-real e o papagaio-galego.

Entre as plantas, destacam-se o buriti, a carnaúba, o ipê-amarelo, o pequi e o baru.

A cultura

A Chapada das Mesas também é um destino cultural, que guarda as tradições e a história do povo maranhense.

A cidade-base para visitar as atrações é Carolina, fundada em 1612 e considerada a mais antiga do estado.

Carolina tem um centro histórico com casarões coloniais, igrejas, museus e monumentos.

Além disso, a cidade oferece uma gastronomia típica, baseada na mandioca, no peixe, na carne de sol e nas frutas do cerrado.

A música e a dança também fazem parte da cultura local, com destaque para o tambor de crioula e o forró pé-de-serra.

A infraestrutura

A Chapada das Mesas é um destino que conta com uma boa infraestrutura para receber os visitantes, tanto nas cidades quanto nas atrações.

Há opções de hospedagem para todos os gostos e bolsos, desde pousadas simples até resorts de luxo.

Há também opções de alimentação, desde restaurantes regionais até lanchonetes e pizzarias.

As atrações têm acesso facilitado por estradas asfaltadas ou de terra, e muitas delas têm passarelas de madeira, mirantes, banheiros e estacionamento.

Além disso, há agências de turismo que oferecem passeios guiados, traslados e pacotes personalizados.

A aventura

A Chapada das Mesas é um destino que agrada tanto aos viajantes que buscam tranquilidade quanto aos que buscam aventura.

Há atividades para todos os níveis de dificuldade e adrenalina, desde caminhadas leves até rapel e tirolesa.

Algumas das opções mais radicais são:

A tirolesa da Pedra Caída, que tem 1.400 metros de extensão e 50 metros de altura;
O rapel da Cachoeira do Santuário, que tem 46 metros de descida;
E o rapel da Cachoeira da Pedra Furada, que tem 35 metros de descida.

Há também opções de rafting, canoagem, ciclismo e cavalgada.

A beleza

A Chapada das Mesas é um destino que encanta pela sua beleza natural, que se revela em cada canto.

As cores, as formas, as texturas e os sons da natureza se harmonizam e criam cenários de tirar o fôlego.

O pôr do sol é um espetáculo à parte, que pode ser apreciado de vários pontos, como o Portal da Chapada, o Morro do Chapéu e a Cachoeira do Itapecuru.

A noite também é um convite à contemplação, com um céu estrelado que convida a fazer um luau ou uma fogueira.

Ajude outras pessoas, compartilhe esse conteúdo em suas redes sociais:
Portal Magnific
Portal Magnific

Portal de informações sobre diversos assuntos relacionados a finanças, nosso dever é fornecer as noticias mais atuais de forma verdadeira e simplificada!

0

Aguarde um momento…