Lisboa: a cidade que surpreende em cada esquina

Descubra 10 curiosidades incríveis sobre a capital portuguesa que vão fazer você querer visitá-la.

Anúncios

Lisboa é a capital de Portugal e uma das cidades mais antigas do mundo, sendo mais antiga do que Roma.

A cidade tem uma história rica e fascinante, cheia de acontecimentos marcantes, personagens ilustres e fatos curiosos.

Neste artigo, vamos apresentar algumas curiosidades sobre Lisboa que talvez você não saiba.

O nome dado aos naturais de Lisboa é alfacinha

Uma das curiosidades sobre Lisboa é que os seus habitantes são carinhosamente chamados de alfacinhas.

Não há uma explicação definitiva para a origem desse termo, mas existem duas hipóteses principais.

Uma das hipóteses é que, quando os árabes dominavam Lisboa, eles cultivavam muita alface.

A segunda é que, na época do cerco de Lisboa, a população local teria passado fome e, para sobreviver, precisou se alimentar do que mais havia na região: alface.

Lisboa já passou por um terremoto, um tsunami e um incêndio no mesmo dia

O dia 1 de novembro de 1755 foi um dos mais trágicos da história de Lisboa. Nesse dia, um forte terremoto atingiu a cidade, provocando danos enormes.

Cerca de 40 minutos depois do acontecimento, um tsunami invadiu especialmente a zona portuária e a baixa da cidade.

Como se não bastasse, um incêndio se alastrou pela cidade, destruindo ainda mais o que restava.

Estima-se que cerca de 85% dos edifícios da cidade foram afetados pelo terremoto, pelo tsunami ou pelo incêndio.

A reconstrução da cidade foi feita com edifícios resistentes a terremotos

Após o desastre de 1755, o Marquês de Pombal foi o responsável pela reconstrução da cidade.

Ele idealizou um plano urbanístico que previa edifícios resistentes a abalos sísmicos, usando uma estrutura conhecida como gaiola pombalina.

Para testar a resistência dessas construções, ele mandou tropas militares marcharem dentro dos edifícios para simular as vibrações sísmicas.

Essa foi uma das primeiras medidas de engenharia sísmica do mundo.

A Avenida da Liberdade teve inspiração na Champs-Élysées

A Avenida da Liberdade é uma das principais vias de Lisboa, onde se encontram lojas de luxo, hotéis, teatros e monumentos.

Ela foi construída no século XIX, no lugar onde antes existia um parque público chamado Passeio Público.

O projeto da avenida foi inspirado na famosa Champs-Élysées de Paris, tendo uma largura de 90 metros e um comprimento de 1100 metros.

A avenida é considerada uma das mais bonitas e elegantes da Europa.

A Ponte 25 de Abril já se chamou Ponte Salazar

Com 2277 metros de extensão e 70 metros de altura, a Ponte 25 de Abril está entre as maiores pontes suspensas do planeta.

Ela liga Lisboa à margem sul do rio Tejo, passando por cima do estuário.

A ponte foi inaugurada em 1966, durante o regime ditatorial de António de Oliveira Salazar, e recebeu o seu nome.

Porém, após a Revolução dos Cravos em 1974, que derrubou o regime e instaurou a democracia em Portugal, a ponte foi rebatizada com o nome da data histórica: 25 de Abril.

Lisboa tem a capela mais cara do mundo

A Capela São João Batista, que fica na Igreja de São Roque, tem o título de capela mais cara do mundo e é outra das curiosidades sobre Lisboa.

Encomendada a arquitetos italianos, ela foi construída em Roma, em estilo barroco, no ano de 1742.

Ela foi feita com materiais preciosos, como mármore, ouro, prata, bronze, marfim e pedras semipreciosas.

A capela foi desmontada em 1747 e transportada por navio até Lisboa, onde foi remontada na igreja.

O custo total da obra foi de cerca de 300 mil cruzados, uma fortuna para a época.

Lisboa tem uma das livrarias mais antigas do mundo

A Livraria Bertrand é uma das livrarias mais antigas do mundo ainda em funcionamento.

Foi fundada em 1732 por Pedro Faure, um francês que se estabeleceu em Lisboa.

A livraria original ficava na Rua Direita do Loreto, mas foi destruída pelo terremoto de 1755.

Ela foi reconstruída na Rua Garrett, no Chiado, onde se mantém até hoje.

Faz parte da história cultural de Lisboa, tendo sido frequentada por escritores como Fernando Pessoa, Eça de Queirós e José Saramago.

Lisboa tem um monumento inspirado no Cristo Redentor

O Cristo Rei é um monumento religioso que fica na margem sul do rio Tejo, em Almada.

Ele tem uma altura de 110 metros e representa Jesus Cristo com os braços abertos sobre a cidade.

O monumento foi inspirado no famoso Cristo Redentor do Rio de Janeiro.

Foi erguido para celebrar a sobrevivência de Portugal durante a Segunda Guerra Mundial. O Cristo Rei foi inaugurado em 1959 e é um dos símbolos de Lisboa.

Lisboa tem galerias romanas que só abrem três dias por ano

Uma das curiosidades sobre Lisboa que poucos conhecem são as galerias romanas que ficam debaixo da Rua da Prata, na Baixa.

Essas galerias foram construídas no século I, mas só foram descobertas em 1770, durante a reconstrução da cidade após o terremoto.

As galerias serviam como sistema de drenagem e abastecimento de água na época romana.

Elas só podem ser visitadas três dias por ano, geralmente em setembro, quando o nível da água baixa e permite o acesso ao público.

Lisboa tem um museu dedicado aos azulejos

O Museu Nacional do Azulejo é um museu único no mundo, dedicado à arte e à história dos azulejos portugueses.

Fica no antigo Convento da Madre de Deus, fundado em 1509 pela rainha D. Leonor.

Possui um acervo de mais de 7000 peças, que mostram a evolução dos azulejos desde o século XV até os dias atuais.

Também tem uma oficina onde os visitantes podem aprender a pintar azulejos.

Conclusão

Lisboa é uma cidade cheia de surpresas e encantos, que revela a cada esquina um pouco da sua história e da sua cultura.

Esperamos que este artigo tenha despertado a sua curiosidade e o seu interesse por conhecer mais sobre esta cidade maravilhosa.

Ajude outras pessoas, compartilhe esse conteúdo em suas redes sociais:
Portal Magnific
Portal Magnific

Portal de informações sobre diversos assuntos relacionados a finanças, nosso dever é fornecer as noticias mais atuais de forma verdadeira e simplificada!

0

Aguarde um momento…