R$200 milhões em dinheiro esquecido: confira quais são os critérios para conseguir retirá-lo

Conheça a seguir como retirar o dinheiro esquecido e veja quem tem direito ao benefício.

Anúncios

Para 300 mil colaboradores que possuem direito ao PASEP (Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público) e PIS (Programa de Integração Social), existe uma quantia de pelo menos R$200 milhões esquecidos.

No entanto, é necessário que o trabalhador não tenha recebido a quantia ainda, e o dinheiro esquecido possui um prazo para ser solicitado.

Caso não seja retirado, ele voltará para o fundo do governo e será disponibilizado novamente apenas quando houver uma nova rodada de pagamentos.

Esta quantia citada que refere-se ao dinheiro esquecido está associada ao PIS/PASEP do ano de origem 2019, isto é, para aqueles que trabalharam no sistema privado ou público no período do ano de 2019.

O pagamento que era para ser realizado no ano de 2020 foi revertido para o Benefício Emergencial (BEm) após o ocorrido do Coronavírus. Portanto, houve uma alteração no cronograma de retribuições do abono salarial.

A forma encontrada para se corrigir o calendário do valor que se diz respeito ao PIS/PASEP ficará disponível no ano de 2022, para aqueles que trabalharam em 2019 e em 2020. Continue a seguir e veja quanto poderá ser sacado e quem terá direito.

Conteúdos que podem te interessar:

Dinheiro esquecido no PIS/PASEP, veja quem tem direito

É importante lembrar que a quantia que se refere ao PASEP, destinada aos funcionários públicos, irá ocorrer por intermédio do Banco do Brasil.

Já o pagamento do PIS, indicado para os trabalhadores da iniciativa privada, será liberado na Caixa Econômica Federal.

As requisições para solicitar o PIS/PASEP dos anos de 2019/2020, seguem o mesmo padrão dos anos anteriores. Assim sendo, é necessário que haja inscrição no RAIS, um tempo mínimo de colaboração, e uma quantia limite de renda por mês.

É preciso que o colaborador possua:

  • Dados cadastrais informados de forma correta pela empresa na RAIS (Relação Anual de Informações Sociais) e Social;
  • Realização de atividade contemplada formal por no mínimo 30 dias, sejam decorrentes ou não, no ano-base conhecido para apuração;
  • Será preciso também ter alcançado remuneração por mês de em média até 2 salários mínimos da época durante o ano-base de 2019;
  • É necessário possuir inscrição no PIS/Pasep por no mínimo cinco anos.

Como saber se o dinheiro está disponível?

A consulta do PIS/PASEP será disponibilizada em alguns meios para os trabalhadores que cumprem com os requisitos informados acima, e que ainda não realizaram o saque. Assim, a verificação poderá ser analisada da seguinte forma:

Funcionários privados-PIS:

  • No aplicativo Caixa Tem;
  • No aplicativo Digital Carteira de Trabalho;
  • Através do telefone-148.

Funcionários públicos-PASEP:

  • Pelo Site do Banco do Brasil;
  • Por meio do telefone 4004-0001 capitais e regiões metropolitanas, ou 0800 729 0001, interior;
  • No aplicativo BB PASEP.

Como solicitar o resgate do dinheiro esquecido

Para realizar a solicitação de resgate do dinheiro esquecido é bem fácil, e o processo pode ser realizado de duas formas:

Online: basta encaminhar um e-mail para o endereço: [email protected], substituindo “uf” pela sigla do estado de residência. Veja o exemplo: [email protected] para quem mora em Minas Gerais;

Presencial: se dirija até uma unidade de atendimento do Ministério do Trabalho com o seu documento original com foto em mãos;

Qual será a quantia disponibilizada para realizar o saque?

A quantia a ser liberada será de mais de R$200 milhões para que os trabalhadores realizem o resgate. Esse valor, embora tenha alusão aos anos de 2019 e 2020, é realizado conforme o valor do salário mínimo atual.

Neste caso, é necessário considerar que R$1.212, atual piso federal, será o valor máximo a ser disponibilizado.

Ajude outras pessoas, compartilhe esse conteúdo em suas redes sociais:
Portal Magnific
Portal Magnific

Portal de informações sobre diversos assuntos relacionados a finanças, nosso dever é fornecer as noticias mais atuais de forma verdadeira e simplificada!

0

Aguarde um momento…