Chicago: dicas incríveis para aproveitar ao máximo a cidade do vento

Como planejar uma viagem inesquecível para uma das metrópoles mais vibrantes dos Estados Unidos.

Anúncios

Chicago é uma das cidades mais fascinantes dos Estados Unidos, com uma rica história, uma arquitetura impressionante, uma cultura vibrante e uma gastronomia deliciosa.

Se você está pensando em visitar a terceira maior cidade americana, confira neste artigo algumas dicas incríveis de como planejar uma viagem para Chicago, economizando tempo e dinheiro, e curtindo as melhores atrações que a cidade tem a oferecer.

Escolha a melhor época para viajar

A primeira dica para planejar uma viagem para Chicago é escolher a melhor época para viajar, de acordo com o seu perfil e o seu orçamento.

Chicago tem quatro estações bem definidas, com temperaturas que variam de -10°C no inverno a 30°C no verão.

Cada estação tem seus prós e contras, e você deve levar em conta o que pretende fazer na cidade e o que está disposto a enfrentar.

O inverno em Chicago é rigoroso, com neve, vento e dias curtos. Porém, é uma época em que a cidade fica mais iluminada e decorada para o Natal, e você pode aproveitar as pistas de patinação no gelo, os mercados natalinos e os museus aquecidos.

Além disso, é uma época em que os preços das passagens e das hospedagens costumam ser mais baixos, e as atrações menos lotadas.

O verão em Chicago é quente e úmido, com dias longos e ensolarados. A cidade fica mais animada e colorida, com muitos festivais, shows, eventos esportivos e atividades ao ar livre.

A primavera e o outono em Chicago são estações intermediárias, com temperaturas amenas e clima instável.

São épocas em que você pode encontrar boas ofertas de passagens e hospedagens, e aproveitar as atrações sem muitas filas.

Defina o seu roteiro de viagem

A segunda dica para planejar uma viagem para Chicago é definir o seu roteiro de viagem, de acordo com o seu tempo disponível e os seus interesses.

Chicago tem muitas atrações para todos os gostos e idades, e você deve priorizar as que mais te agradam e se encaixam no seu orçamento.

Para te ajudar, veja algumas sugestões de roteiros de acordo com o número de dias que você vai ficar na cidade:

Roteiro de 1 dia em Chicago

Se você tem apenas um dia para conhecer Chicago, foque nas principais atrações do centro da cidade, como o Skydeck, o Millennium Park, o Art Institute of Chicago, o Chicago Cultural Center, a Magnificent Mile e o Navy Pier.

Você pode fazer tudo a pé ou usando o transporte público, e aproveitar a vista panorâmica da cidade do alto de um dos seus arranha-céus.

Roteiro de 2 dias em Chicago

Para quem tiver dois dias para conhecer Chicago, além das atrações do centro da cidade, você pode explorar outros bairros e áreas da cidade, como o Lincoln Park, o Wrigley Field, o Museum Campus, o Chinatown e o Pilsen.

Roteiro de 3 dias em Chicago

Nesta opção, além das atrações do centro da cidade e dos bairros e áreas da cidade, você pode incluir no seu roteiro algumas atrações mais afastadas, como o Six Flags Great America, o Chicago Botanic Garden, o Frank Lloyd Wright Home and Studio e o Brookfield Zoo.

Roteiro de 4 dias em Chicago

Se você tem quatro dias para conhecer Chicago, além das atrações do centro da cidade, dos bairros e áreas da cidade e das atrações mais afastadas, você pode reservar um dia para fazer compras em Chicago, visitando os principais shoppings, outlets e lojas da cidade.

Roteiro de 5 dias em Chicago

Caso você queira aproveitar cinco dias em Chicago, além das atrações do centro da cidade, dos bairros e áreas da cidade, das atrações mais afastadas e das compras em Chicago, você pode fazer um bate e volta para alguma cidade próxima, como Milwaukee, Madison ou Indianapolis.

Providencie os documentos necessários para a viagem

A terceira dica para planejar uma viagem para Chicago é providenciar os documentos necessários para a viagem, com antecedência e atenção.

Para viajar para Chicago, você precisa ter um passaporte brasileiro válido e um visto americano válido.

O passaporte brasileiro deve ter pelo menos seis meses de validade a partir da data de retorno da viagem, e o visto americano deve ser do tipo B1/B2, que permite viagens de turismo ou negócios.

Para tirar o passaporte brasileiro, você deve acessar o site da Polícia Federal, preencher o formulário, pagar a taxa, agendar o atendimento e comparecer ao posto com os documentos exigidos.

Para tirar o visto americano, você deve acessar o site do Consulado Americano, preencher o formulário, pagar a taxa, agendar a entrevista e comparecer ao consulado com os documentos exigidos.

O processo pode levar de algumas semanas a alguns meses, dependendo da demanda e da época do ano, então não deixe para a última hora.

Compre a passagem aérea com antecedência e pesquisa

A quarta dica para planejar uma viagem para Chicago é comprar a passagem aérea com antecedência e pesquisa, para garantir o melhor preço e a melhor disponibilidade.

O preço da passagem aérea pode variar muito de acordo com a época do ano, a companhia aérea, a antecedência da compra, a origem e o destino, e a duração e o número de escalas do voo.

Por isso, é importante pesquisar em vários sites e comparadores de preços, como o Skyscanner, o Kayak e o Google Flights, e verificar as melhores opções de datas, horários e rotas.

Uma dica é usar o alerta de preços desses sites, que te avisam quando o preço da passagem que você quer baixar.

Outra dica é comprar a passagem com pelo menos três meses de antecedência, e evitar os períodos de alta temporada, como férias, feriados e festivais.

Contrate um seguro viagem para evitar imprevistos

A quinta dica para planejar uma viagem para Chicago é contratar um seguro viagem para evitar imprevistos, como perda de bagagem, cancelamento de voo, entre outros.

O seguro viagem não é obrigatório para viajar para os Estados Unidos, mas é altamente recomendável, pois o sistema de saúde americano é muito caro e não atende estrangeiros sem seguro.

Além disso, o seguro viagem te oferece assistência 24 horas, em português, e te reembolsa em caso de qualquer problema.

Para contratar um seguro viagem, você deve pesquisar em vários sites e comparadores de preços.

Reserve a hospedagem com antecedência e pesquisa

A sexta dica para planejar uma viagem para Chicago é reservar a hospedagem com antecedência e pesquisa, para garantir o melhor custo-benefício e a melhor localização.

O preço da hospedagem em Chicago pode variar muito de acordo com a época do ano, a categoria do hotel, a antecedência da reserva, a localização e os serviços oferecidos.

Por isso, é importante pesquisar em vários sites e plataformas de reserva, como o Booking, o Airbnb e o Tripadvisor, e verificar as melhores opções de qualidade, preço e avaliação.

Uma dica é usar o filtro de localização desses sites, que te mostram os hotéis e os apartamentos mais próximos das atrações que você quer visitar.

Outra dica é ler os comentários e as avaliações de outros viajantes, que te dão uma ideia da experiência e da satisfação de quem já se hospedou.

Faça as malas com inteligência e praticidade

A sétima dica para planejar uma viagem para Chicago é fazer as malas com inteligência e praticidade, para evitar excessos e esquecimentos.

O que levar na mala depende muito da época do ano que você vai viajar, do seu estilo pessoal e do seu roteiro de viagem.

Porém, existem alguns itens que são essenciais para qualquer viagem, como:

Documentos, dinheiro, cartões, remédios, celular, carregador, adaptador, câmera, fone de ouvido, óculos, protetor solar, escova de dentes, pasta de dentes, desodorante, shampoo, condicionador, sabonete, toalha, roupa íntima, meias, pijama, casaco, calça, camiseta, sapato, tênis, chinelo, chapéu, guarda-chuva, etc.

Faça uma lista de tudo o que você precisa levar, e ir riscando os itens conforme você for colocando na mala.

Utilizar sacos organizadores podem te ajudar a separar as roupas por categoria e a otimizar o espaço na mala.

Aproveite a viagem com segurança e diversão

A oitava e última dica para planejar uma viagem para Chicago é aproveitar a viagem com segurança e diversão, seguindo as recomendações e as precauções necessárias.

Chicago é uma cidade segura, mas como toda grande metrópole, tem seus problemas e seus perigos.

Por isso, é importante tomar alguns cuidados, como não andar sozinho à noite, não ostentar objetos de valor, não aceitar ofertas suspeitas, não entrar em áreas desconhecidas, etc.

Além disso, é importante respeitar as leis, as regras e os costumes locais, como não jogar lixo no chão, não atravessar fora da faixa, não falar alto em lugares públicos, não fazer gestos ofensivos, etc.

Por fim, é importante curtir a viagem com alegria e disposição, aproveitando as oportunidades e as experiências que a cidade te oferece, como conhecer pessoas, experimentar comidas, aprender coisas, se divertir, se emocionar e se surpreender.

Chicago é uma cidade incrível, que merece ser visitada pelo menos uma vez na vida.

Seguindo essas dicas, você vai ter uma viagem inesquecível, e vai se apaixonar pela cidade do vento. Boa viagem!

Ajude outras pessoas, compartilhe esse conteúdo em suas redes sociais:
Portal Magnific
Portal Magnific

Portal de informações sobre diversos assuntos relacionados a finanças, nosso dever é fornecer as noticias mais atuais de forma verdadeira e simplificada!

0

Aguarde um momento…