Ouro Preto: uma viagem pela história, cultura e natureza de Minas Gerais

Confira agora como planejar, aproveitar e se encantar com esta cidade histórica.

Anúncios

Ouro Preto é uma das cidades mais antigas e charmosas do Brasil, localizada na região central de Minas Gerais.

Fundada em 1711, sob o nome de Vila Rica, Ouro Preto foi palco de importantes acontecimentos históricos, como o Ciclo do Ouro e a Inconfidência Mineira.

Em 1980, foi declarada Patrimônio Mundial da Humanidade pela UNESCO, por seu rico acervo arquitetônico e artístico do período colonial.

Visitar Ouro Preto é fazer uma viagem no tempo, percorrendo suas ruas de pedra, suas ladeiras íngremes e suas igrejas barrocas.

É também apreciar a gastronomia típica mineira, o artesanato em pedra-sabão e as belezas naturais da Serra do Espinhaço.

Neste artigo, vamos dar algumas dicas para você aproveitar ao máximo sua estadia em Ouro Preto. Confira!

O que fazer em Ouro Preto

Ouro Preto oferece diversas atrações para todos os gostos e interesses. Veja algumas sugestões do que fazer na viagem:

Conhecer o Centro Histórico

O coração de Ouro Preto é a Praça Tiradentes, onde fica o Museu da Inconfidência, que conta a história da conspiração contra o domínio português no século XVIII.

Na praça, também se destaca o Museu de Ciência e Técnica da Escola de Minas, que ocupa o antigo Palácio dos Governadores e exibe coleções de minerais, fósseis e instrumentos científicos.

Ao redor da praça, há várias lojas, restaurantes e serviços turísticos.

Visitar as igrejas

Ouro Preto possui quase 20 igrejas, que são verdadeiras obras-primas da arte barroca brasileira.

Algumas delas foram projetadas ou decoradas por grandes nomes como Aleijadinho e Mestre Ataíde.

Entre as mais famosas, estão a Igreja de São Francisco de Assis, a Basílica Menor de Nossa Senhora do Pilar e a Igreja de Nossa Senhora do Carmo.

Cada igreja tem seu próprio horário de funcionamento e valor de entrada, que geralmente é simbólico.

Explorar as minas

Ouro Preto deve seu nome à abundância do metal precioso que atraiu os colonizadores portugueses.

Hoje, é possível visitar algumas das antigas minas de ouro que ainda preservam vestígios da atividade mineradora.

As mais conhecidas são a Mina Santa Rita, a Mina Jeje e a Mina Chico Rei. Nelas, você pode ver como era o trabalho dos escravos e dos garimpeiros, além de aprender sobre as técnicas e os equipamentos usados na extração do ouro.

Curtir a natureza

A cidade está cercada por belas paisagens naturais, que convidam à prática do ecoturismo.

Uma das opções é visitar o Parque Estadual do Itacolomi, que abriga o pico do Itacolomi, um dos símbolos da cidade.

No parque, você pode fazer trilhas, acampar e conhecer o Museu do Chá.

Outra alternativa é ir ao Parque Municipal das Andorinhas, onde fica a Cachoeira das Andorinhas, uma queda d’água de 15 metros de altura.

Onde ficar em Ouro Preto

Ouro Preto possui uma boa infraestrutura hoteleira, com opções para todos os bolsos e perfis de viajantes.

Você pode escolher entre hotéis, pousadas, hostels e Airbnb. A dica é reservar sua hospedagem com antecedência, pois a cidade costuma ficar lotada em feriados e eventos.

Uma das melhores áreas para se hospedar em Ouro Preto é o Centro Histórico, pois permite fácil acesso às principais atrações, além de ter mais opções de comércio e serviços.

Nessa região, você encontra desde hotéis de luxo, como o Solar do Rosário e o Hotel do Teatro, até pousadas charmosas, como a Pousada do Mondego e a Pousada do Arcanjo.

Outra área interessante para se hospedar em Ouro Preto é nos distritos, que ficam um pouco afastados do centro, mas oferecem mais tranquilidade e contato com a natureza.

Alguns exemplos são Lavras Novas, Santo Antônio do Leite e São Bartolomeu.

Nesses locais, você pode encontrar pousadas aconchegantes, como a Pousada Vila das Cores, a Pousada Mirante do Café e a Pousada Pouso do Alferes.

Onde comer em Ouro Preto

A gastronomia mineira é um dos atrativos de Ouro Preto, que oferece uma variedade de pratos típicos, como o feijão tropeiro, o frango com quiabo, o tutu de feijão e o pão de queijo.

Além disso, você pode provar as delícias da culinária local, como o tropeiro de linguiça, o angu à baiana e o pastel de angu.

Para saborear essas iguarias, você pode ir aos restaurantes do Centro Histórico, que servem desde buffets self-service até menus à la carte.

Alguns dos mais recomendados são o Bené da Flauta, o Chafariz e o Casa do Ouvidor.

Se preferir algo mais simples e rápido, você pode optar pelas lanchonetes e padarias da região, como a Deguste Café e Bistrô, a Padaria e Confeitaria Tupinambá e a Lanchonete da Rodoviária.

Se você quiser experimentar algo diferente, você pode ir aos distritos de Ouro Preto, que também têm ótimas opções gastronômicas.

Em Lavras Novas, por exemplo, você pode comer no Restaurante Ville Real, que tem uma vista panorâmica da cidade.

Quando ir para Ouro Preto

Você pode visitar Ouro Preto em qualquer época do ano, pois a cidade está sempre aberta aos visitantes.

Uma boa sugestão é planejar a sua viagem de acordo com o seu interesse. Por exemplo, se você quer aproveitar o ecoturismo da região, é melhor escolher os meses mais frescos, entre novembro e março.

Neste período ocorrem as chuvas mais intensas, que podem atrapalhar os passeios ao ar livre.

Se você quer aproveitar o clima ameno e as paisagens floridas, os meses de abril a junho são ideais.

É nesta época que acontece a Semana Santa em Ouro Preto, uma das festas religiosas mais tradicionais da cidade. Você pode assistir às procissões e às encenações da Paixão de Cristo nas ruas históricas.

Se você gosta de frio e de festas juninas, os meses de julho e agosto são perfeitos.

Você pode se aquecer com as comidas típicas e as fogueiras nas praças. Você também pode participar do Festival de Inverno de Ouro Preto e Mariana, que reúne shows, exposições e oficinas culturais.

Como chegar em Ouro Preto

Ouro Preto fica a cerca de 100 km de Belo Horizonte, a capital de Minas Gerais.

Você pode chegar à cidade de diversas formas, dependendo do seu ponto de partida e do seu orçamento. Veja algumas opções:

De avião

O aeroporto mais próximo de Ouro Preto é o Aeroporto Internacional de Confins, que fica a 130 km da cidade.

Você pode pegar um voo para Confins saindo de várias cidades do Brasil e do exterior. Do aeroporto, você pode alugar um carro, pegar um táxi ou um ônibus para Ouro Preto. O trajeto dura aproximadamente duas horas.

De ônibus

Você pode pegar um ônibus para Ouro Preto saindo de Belo Horizonte ou de outras cidades mineiras.

A rodoviária de Ouro Preto fica no Centro Histórico, perto da Praça Tiradentes.

De carro

Você pode dirigir até Ouro Preto saindo de Belo Horizonte ou de outras cidades da região.

A estrada mais usada é a BR-040, que liga o Rio de Janeiro a Brasília. Você deve pegar a saída para Ouro Branco e seguir pela MG-443 até Ouro Preto.

A viagem dura cerca de uma hora e meia. Você deve ficar atento às curvas e às lombadas na estrada.

Conclusão

Ouro Preto é uma cidade histórica e cultural que oferece aos visitantes uma viagem no tempo e no espaço.

Com suas igrejas, museus, casarios e paisagens naturais, Ouro Preto encanta e surpreende quem a conhece.

Além disso, a cidade possui uma rica gastronomia, um animado calendário de eventos e uma diversidade de opções de hospedagem e lazer.

Por isso, Ouro Preto é um destino imperdível para quem quer conhecer mais sobre a história, a arte e a cultura brasileira.

Esperamos que essas dicas possam ajudá-lo a planejar e aproveitar melhor a sua viagem para Ouro Preto. Boa viagem!

Ajude outras pessoas, compartilhe esse conteúdo em suas redes sociais:
Portal Magnific
Portal Magnific

Portal de informações sobre diversos assuntos relacionados a finanças, nosso dever é fornecer as noticias mais atuais de forma verdadeira e simplificada!

0

Aguarde um momento…