Lucro do FGTS: veja quem tem direito, qual será o valor e prazos para pagamento 

Confira a seguir o lucro do FGTS, descubra qual será o valor disponibilizado, veja os prazos de pagamento e quem terá direito ao benefício.

Anúncios

Os colaboradores que tiverem carteira assinada irão receber em suas contas do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) a distribuição de mais de 90% do rendimento alcançado no ano de 2020.

A liberação do valor será feita pela Caixa Econômica Federal (CEF) e será disponibilizada para os trabalhadores que possuem tanto contas ativas quanto inativas do FGTS.

Ainda não foi informada a data correta para a distribuição do benefício, porém vale lembrar que mesmo que sua conta esteja ativa ou inativa, é importante que até o dia 31/12 do ano de 2021 qualquer valor tenha sido depositado nela.

Isso se dá pelo fato de que, o lucro do saldo do FGTS que o colaborador tem direito a receber é estipulado com base no saldo presente na conta.

Dessa forma, a Caixa se baseia para calcular o rendimento.

Conteúdos que podem te interessar:

Como funciona o lucro do FGTS?

No ano de 2021 a Caixa Econômica Federal liberou repasses de mais de R$8,10 bilhões aos colaboradores e o índice médio foi de 1,86%, aplicado sobre o saldo aplicado nas contas inativas e ativas até o dia 31 de dezembro do ano anterior, 2020.

Atualmente, existe a possibilidade de haver o impacto da elevação da inflação acumulada em 11,73% nos 12 meses anteriores, com base no IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo).

Vale ressaltar que, de acordo com a lei, o lucro do FGTS não pode ser entregue em sua integralidade.

O nível de divisão ainda será definido pelo conselho curador do FGTS, que voltará a ter reuniões somente em agosto para estipular o percentual da distribuição.

Atualmente, o FGTS conta com um retorno de 3% anualmente, além da alteração da Taxa Referencial.

Os colaboradores se beneficiam com parte dos lucros do fundo desde o ano de 2017. Estes valores são resultantes dos juros cobrados de empréstimos em crédito de casa própria, projetos de saneamento e áreas de infraestrutura.

E quem já sacou o FGTS?

Mesmo que a distribuição ocorra agora (agosto de 2022), o lucro corresponde ao período do ano de 2021, visando os depósitos que se baseiam nos valores das contas até 31 de dezembro de 2021.

Assim, os colaboradores que já sacaram o valor após esta data, não irão perder o direito ao lucro.

Porém, os que efetuaram o saque antes do período mencionado, seja por aposentadoria, demissão sem justa causa, ou entrada em casa própria, serão proporcionalmente recompensados com base na quantidade do valor que tiver restado na conta até o último dia de 2021.

Como sacar o lucro do FGTS

A quantia extra será depositada em cada conta dos colaboradores. No entanto, as exigências que permitem o saque são as mesmas da categoria habitual.

O que significa que o beneficiário só poderá sacar a quantia em caso de demissão sem justa causa, entrada na compra de uma residência própria ou aposentadoria.

Ajude outras pessoas, compartilhe esse conteúdo em suas redes sociais:
Portal Magnific
Portal Magnific

Portal de informações sobre diversos assuntos relacionados a finanças, nosso dever é fornecer as noticias mais atuais de forma verdadeira e simplificada!

0

Aguarde um momento…