México: principais curiosidades desse país incrível

Descubra algumas das principais características que fazem do México um país fascinante e diverso.

Anúncios

O México é um país que desperta a curiosidade de muitas pessoas, seja pela sua história, pela sua cultura, pela sua gastronomia ou pela sua natureza.

Neste artigo, vamos conhecer algumas das principais curiosidades sobre o México, que vão desde a sua origem até os seus costumes e tradições.

Você vai se surpreender com as peculiaridades desse país tão rico e diverso.

O nome do México

Você sabia que o nome oficial do México é Estados Unidos Mexicanos?

Esse nome foi adotado em 1824, após a independência do país da Espanha, inspirado no modelo dos Estados Unidos da América.

No entanto, o nome México vem de muito antes, da época dos astecas, que chamavam a sua capital de México-Tenochtitlán.

O significado do nome é incerto, mas pode estar relacionado com o deus da guerra dos astecas, Mexitli.

A origem do chocolate

O chocolate é uma das iguarias mais apreciadas no mundo todo, mas você sabia que ele foi inventado no México?

Os maias e os astecas foram os primeiros a cultivar o cacau e a transformá-lo em uma bebida amarga e espumante.

Ela foi chamada de xocolatl, que significa “água amarga” em náhuatl, a língua dos astecas.

Os espanhóis levaram o chocolate para a Europa no século XVI, onde ele foi adoçado e popularizado.

A diversidade linguística

O espanhol é a língua oficial do México, mas não é a única.

O país tem uma grande diversidade linguística, com mais de 280 idiomas falados em seu território.

Além do espanhol, o México reconhece 67 línguas indígenas como línguas nacionais, como o náhuatl, o maia, o zapoteca e o mixteco.

Estima-se que cerca de 7 milhões de mexicanos falem alguma língua indígena.

A tequila e o mezcal

A tequila e o mezcal são duas bebidas alcoólicas típicas do México, feitas a partir da destilação do agave, uma planta suculenta que cresce no deserto.

A diferença entre elas é que a tequila é feita apenas com uma espécie de agave, chamada agave azul, enquanto o mezcal pode ser feito com várias espécies.

Além disso, o mezcal tem um sabor mais defumado e costuma ter um verme dentro da garrafa, que é comestível.

A culinária mexicana

A culinária mexicana é uma das mais ricas e variadas do mundo, fruto da mistura entre as tradições indígenas, europeias, africanas e asiáticas.

Alguns dos ingredientes mais usados são o milho, o feijão, o tomate, a pimenta, o abacate e o limão.

Entre os pratos mais famosos estão as tortilhas, os tacos, os burritos, as enchiladas, os nachos e as quesadillas.

A culinária mexicana foi declarada Patrimônio Cultural Imaterial da Humanidade pela Unesco em 2010.

A origem da piñata

A piñata é um objeto decorado, geralmente feito de papel machê ou barro, que contém doces ou brinquedos em seu interior.

Ela é usada em festas e celebrações, onde as pessoas se revezam para quebrá-la com um bastão, enquanto estão vendadas, para pegar os prêmios que caem.

Trata-se de uma tradição muito popular no México, mas você sabia que ela não tem origem mexicana?

Na verdade, a piñata tem uma história muito antiga e curiosa, que envolve diferentes culturas e continentes.

Foi através dos espanhóis que a piñata chegou ao México, no século XVI. É um símbolo da cultura mexicana, mas também é uma prova da mistura e da influência de outras culturas ao longo da história.

O sombrero e a mariachi

O sombrero e a mariachi são dois símbolos da cultura mexicana, reconhecidos internacionalmente.

O sombrero é um chapéu de abas largas, usado para proteger do sol e da chuva. Ele pode ter diferentes cores e adornos, dependendo da região e da ocasião.

A mariachi é um estilo musical que surgiu no século XIX no estado de Jalisco.

Ele é caracterizado pelo uso de violões, trompetes, violinos e guitarrões (um tipo de violão grande), além de trajes típicos com bordados e botões metálicos.

O Chihuahua e o Xoloitzcuintle

O Chihuahua e o Xoloitzcuintle são duas raças de cachorros originárias do México. O Chihuahua é o menor cachorro do mundo, medindo entre 15 e 25 centímetros de altura.

Ele tem o nome do estado de Chihuahua, onde foi descoberto no século XIX, mas a sua origem é mais antiga, remontando aos tempos pré-colombianos.

O Xoloitzcuintle é um cachorro sem pelos, com uma pele macia e quente. Ele era considerado sagrado pelos astecas.

A pimenta mais ardida do mundo

O México é o país com a maior variedade de pimentas do mundo, com mais de 150 espécies diferentes.

Uma delas é a pimenta mais ardida do mundo, chamada Carolina Reaper.

Ela foi criada em 2013 pelo agricultor Ed Currie, nos Estados Unidos, mas tem origem mexicana, sendo um cruzamento entre a pimenta Habanero e a pimenta Naga Viper.

Possui um sabor frutado e um grau de ardência de 2,2 milhões na escala Scoville, que mede o nível de capsaicina, a substância que causa a sensação de queimação.

O berço da arte muralista

O México é o berço da arte muralista, um movimento artístico que surgiu no início do século XX, após a Revolução Mexicana.

Os muralistas eram artistas que pintavam grandes obras nas paredes de edifícios públicos, com temas sociais, políticos e históricos.

Os principais representantes desse movimento foram Diego Rivera, José Clemente Orozco e David Alfaro Siqueiros, que influenciaram gerações de artistas em todo o mundo.

Uma das obras mais famosas é o mural “A História do México”, de Diego Rivera, que ocupa as quatro paredes do Palácio Nacional na Cidade do México.

Como você pode ver, o México é um país cheio de surpresas e encantos, que merece ser conhecido e valorizado.

Esperamos que este artigo tenha despertado o seu interesse pelo México e que você tenha aprendido algo novo sobre esse país maravilhoso.

Ajude outras pessoas, compartilhe esse conteúdo em suas redes sociais:
Portal Magnific
Portal Magnific

Portal de informações sobre diversos assuntos relacionados a finanças, nosso dever é fornecer as noticias mais atuais de forma verdadeira e simplificada!

0

Aguarde um momento…