Conheça Chiriquí, a província que encanta pelo seu contraste

Descubra as belezas naturais, a riqueza cultural e a história fascinante desta província panamenha.

Anúncios

Chiriquí é uma província do Panamá, localizada na costa oeste do país.

É a segunda província mais desenvolvida, depois da província de Panamá, e sua capital é a cidade de David.

Chiriquí tem uma área de 6.548 km² e uma população de 462.056 habitantes, segundo o censo de 2019.

Seu nome significa “vale da lua” na língua dos indígenas ngäbe-buglé, que habitavam a região antes da chegada dos espanhóis.

Chiriquí é uma província rica em biodiversidade, paisagens naturais e cultura.

Neste artigo, vamos apresentar alguns dos principais atrativos que você pode conhecer em Chiriquí, no Panamá.

O vulcão Barú

O vulcão Barú é o ponto mais alto do Panamá, com 3.475 metros de altitude.

É um vulcão adormecido, que não entra em erupção desde o século XVI.

Do seu cume, é possível avistar os dois oceanos que banham o país: o Pacífico e o Atlântico.

Para chegar ao topo, é preciso fazer uma caminhada de cerca de seis horas por uma trilha íngreme e rochosa.

O ideal é começar a subida à noite, para chegar ao amanhecer e apreciar a vista espetacular.

O parque nacional La Amistad

O parque nacional La Amistad é um dos maiores e mais importantes do Panamá, com uma área de 4.000 km².

Ele abrange parte das províncias de Chiriquí e Bocas del Toro, e faz fronteira com a Costa Rica.

O parque foi declarado Patrimônio Mundial da UNESCO em 1983, por sua diversidade biológica e cultural.

No parque, vivem cerca de 400 espécies de aves, 263 espécies de anfíbios e répteis, 215 espécies de mamíferos e 10 mil espécies de plantas.

Entre os animais mais emblemáticos do parque, estão a onça-pintada, o quetzal-resplandecente, o macaco-aranha e a harpia.

O parque também abriga comunidades indígenas que conservam suas tradições e costumes.

O distrito no norte da província de Chiriquí

É um dos mais visitados por turistas em Chiriquí, por seu clima ameno, sua natureza exuberante e sua produção de café de alta qualidade.

Está situado nas encostas do vulcão Barú, a cerca de 1.200 metros acima do nível do mar.

A cidade oferece diversas opções de lazer, como caminhadas, rafting, tirolesa, observação de aves e degustação de café.

Um dos passeios mais populares é o Jardim Encantado, um parque ecológico que conta com mais de 2 mil orquídeas e outras flores tropicais.

Povos indígenas

Chiriquí é uma província que tem uma forte presença de povos indígenas, que conservam suas tradições, línguas e costumes.

Os povos indígenas de Chiriquí são um tesouro cultural que enriquece a identidade panamenha.

Eles mantêm vivos seus saberes ancestrais e sua relação harmoniosa com a natureza.

Eles também enfrentam desafios como a pobreza, a discriminação e a perda de suas terras.

Por isso, é importante respeitar seus direitos e valorizar sua diversidade.

Alguns dos povos indígenas que habitam Chiriquí são:

Ngäbe-Buglé

São o maior grupo indígena do Panamá, com cerca de 260 mil pessoas.

Vivem principalmente na comarca Ngäbe-Buglé, que abrange parte das províncias de Chiriquí, Bocas del Toro e Veraguas.

Sua língua é o ngäbere, que pertence à família chibcha. Sua cultura se baseia na agricultura, na pesca e na caça.

São conhecidos por seus tecidos coloridos chamados naguas, que usam como vestimenta.

Bribris

São um povo indígena que vive na fronteira entre o Panamá e a Costa Rica, principalmente no distrito de Changuinola, em Bocas del Toro, e no cantão de Talamanca, na Costa Rica.

Sua população é estimada em cerca de 35 mil pessoas. Sua língua é o bribri, que também pertence à família chibcha.

A cultura se baseia no cultivo de cacao, banana e mandioca. Têm uma organização social matriarcal, onde as mulheres são as herdeiras e as transmissoras da cultura.

Borucas

São um povo indígena que vive na região de Buenos Aires, na Costa Rica, e em algumas comunidades de Chiriquí, como San Félix e San Lorenzo.

Sua população é estimada em cerca de 2.500 pessoas. Sua língua é o boruca, que também pertence à família chibcha.

Sua cultura se baseia na agricultura, na cerâmica e na tecelagem. São famosos por suas máscaras de madeira esculpidas e pintadas, que usam em festivais como o Juego de los Diablitos.

A ilha Boca Brava

A ilha Boca Brava é uma das ilhas que compõem o arquipélago de Chiriquí, no golfo homônimo.

A ilha tem uma área de 28 km² e é um refúgio natural para diversas espécies de animais marinhos e terrestres.

Na ilha, é possível praticar atividades como snorkeling, mergulho, pesca esportiva, caiaque e observação de baleias.

A ilha também conta com praias paradisíacas de areia branca e água cristalina, ideais para relaxar e desfrutar do sol.

Estes são apenas alguns dos motivos para conhecer Chiriquí, no Panamá.

Esta província tem muito mais a oferecer aos seus visitantes, como sua gastronomia típica, sua história colonial e sua gente hospitaleira.

Não perca a oportunidade de descobrir esta região fascinante do Panamá.

Ajude outras pessoas, compartilhe esse conteúdo em suas redes sociais:
Portal Magnific
Portal Magnific

Portal de informações sobre diversos assuntos relacionados a finanças, nosso dever é fornecer as noticias mais atuais de forma verdadeira e simplificada!

0

Aguarde um momento…